Bolsonaro defende ‘carta branca’ para a polícia matar bandido

3326

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), afirmou, que quer dar carta branca para policiais em serviço matarem. A declaração foi feita em discurso ao desembarcar em Manaus, capital do Amazonas, onde ele recebeu homenagens de alunos de escolas públicas e palestrou em um evento sobre a Amazônia.

O deputado afirmou que vai lutar pelo chamado excludente de ilicitude para os policiais em serviço. A proposta é que o policial responda por eventuais danos que provoque com uso de armas, mas não seja punido. O deputado não deu detalhes de que forma encaminharia a questão.

“Nós vamos brigar pelo excludente de ilicitude. O policial militar em ação responde, mas não tem punição. Se alguém disser que quero dar carta branca para policial militar matar, eu respondo: quero sim. O policial que não atira em ninguém e atiram nele não é policial. Temos obrigação de dar retaguarda jurídica a esses bravos homens que defendem nossa vida e patrimônio em todo Brasil”, declarou.

COMPARTILHAR